Casamento na Roça

Personagens…

– Chiquinha (noiva)
– Jeca (noivo)
– Pai da Chiquinha
– Mãe do Jeca
– Irmãos da Chiquinha
– Padre
– Convidados do casamento

NARRADOR – Lá pras banda do Brumadim  havia uma moça pra lá de bunita chamada  Chiquinha . (Chiquinha entra e senta.)

NARRADOR – Todas tarde a Chiquinha pedia para o santo Antônio:

CHIQUINHA-  Oh!!! Santo Antônio me arranja um casamento!!!!

NARRADOR – Por ali também morava um moço…chamado Jeca.

(Entra o Jeca)
NARRADOR –  Jeca vê chiquinha e suspira… ai!!! Ai!!! – até que um dia de tanto suspira…Os dois aproximaram o rosto um do outro.
(Jeca beija o rosto de Chiquinha, que fica com vergonha e ri)

NARRADOR – Nessa hora por ali passava o pai da Chiquinha, que viu tudo.
Pai – Eu vi tudo!  (Chiquinha e  Jeca se assustam e se levantam na hora)

PAI–  Se bejô tem que casá.

JECA – Chiquinha: explica pro seu pai. Que foi sem querer…

NARRADOR – E a Chiquinha respondeu:

CHIQUINHA – Vai sê um casório muitu du bunitu.

PAI – Vá si embora se arrumá que eu já vô arrumá a noiva!

JECA – Ai, ai, ai, ai, ai, ai.

CHIQUINHA – Tchar Jeca vou me arrumá ! (manda beijo)

PAI– Bejá é só despois do casamento, minina!

CHIQUINHA – Ô pai…

NARRADOR – O Jeca ficô desesperado. E foi fala com sua mãe…

JECA –  mãe é o seu patrão que me viu beijando a Chiquinha agora ele qué que eu mi case com ela

Mâe do Jeca– (espantada) O que ce ta mi contano, meu fio?

(abraça o filho) Parabéns, meu fio!

NARRADOR – O casamento foi marcado, estava tudo arranjado. A noiva chegou primeiro e estava uma formosura.
PADRE – (entra) E cadê o noivo?

CHIQUINHA – (feliz) Oh !!santo Antonio… traz o meu noivo logo!

NARRADOR – Demorou um pouco mas o noivo apareceu. Veio trazido pela mãe

JECA – Oi Chiquinha. Ocê ta bunita….

PADRE – Silêncio! Vamu cumeçá esse casório.
JECA – Socorro! Socorro! Beijei e vô te que casá
PADRE – (limpa a garganta) Pudemu continuá? Vamu casá Chiquinha com esse Jeca. Chiquinha: ocê aceita o Jeca como seu esposo?
CHIQUINHA – (apaixonada) Aceito!

PADRE – E ocê, Jeca: aceita a Chiquinha como esposa?

JECA– Aceito.

TODOS – Viva! Viva!

PADRE – Agora pode beijá a noiva.

NARRADOR – E agora vamu dança, bebê cume a noite inteira. Vamu lá!(A música aumenta. Dança dos convidados do casamento)

Casamento caipira.

Personagens…

Padre
Noiva– chiquinha Dengosa
Noivo_ Pedrinho Foguetão

Padre – Bão, vamo começá logo esse casório. Ocê, Chiquinha Dengosa, promete, de coração, prá marido toda vida, o Pedrinho Foguetão?

Noiva – Mas que pregunta isquisita seu vigário faz prá mim… Eu vim aqui mais o Pedrinho num foi prá dizê que sim???

Padre – E ocê Pedrinho, que me olha assim tão prosa, qué mesmo prá sua esposa a Sinhá Chiquinha Dengosa?

Noivo – Num havia de querê, num é essa minha opinião mas, se não caso com a Chiquinha , vô direto pro caixão… (diz isso olhando de esguelha para o delegado, que segura uma espingarda)

Padre – Então, em nome do cravo e do manjericão, caso a Chiquinha Dengosa com o Pedrinho Foguetão! E Viva os noivos!

Convidados – VIVA!!! (conforme os noivos passam, os convidados jogam arroz)

Padre – E vamo pro baile, pessoar!!!E começa a quadrilha.

 

Créditos: professoraivaniferreira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s